Primeira reunião acontece, nesta quinta-feira (25/06), com moradores dos bairros Terras de Santo Antonio, Jd. Adelaide e Santa Esmeralda

Moradores dos bairros Terras de Santo Antonio, Jardim Adelaide e Santa Esmeralda são convidados da Prefeitura para participar, nesta quinta-feira (25/06), da 1ª Reunião para Elaboração do Plano Municipal de Segurança. O encontro será na Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Jardim Terras de Santo Antonio, a partir das 18h30. A escola fica na rua Antonio Gazetta (antiga rua 1), número 53, ao lado da praça.


De acordo com o secretário municipal de Segurança, Marcelo Borges, o objetivo da reunião é ouvir as reivindicações da população para a construção do Plano Municipal de Segurança, que traçará as ações e metas de prevenção e combate à violência em Hortolândia para os próximos cinco anos.


“A partir da demanda apontada pela comunidade, vamos comparar com os serviços que já são realizados e ver o que precisa ser melhorado para elaborar o plano. Também vamos retomar os trabalhos do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal), que conta com representantes das secretarias municipais, do Legislativo, polícias Civil e Militar, Promotoria, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Conselho Tutelar e outros representantes da sociedade civil organizada para debater segurança”, disse Borges.


A participação da comunidade, afirma a comandante da Guarda Municipal, Luzanira Joaquim Nascimento, é muito importante para a Prefeitura criar um Plano Municipal de Segurança que atenda as necessidades da população e aperfeiçoe o sistema de segurança do município.

“Esta é a primeira de uma série de reuniões que vão acontecer em todas as regiões da cidade. Queremos apresentar o trabalho já realizado pelo município na área de segurança e ouvir o que pensam os moradores, de acordo com a realidade vivida no dia a dia de cada região. A partir desses dados, vamos elaborar o Plano de Segurança”, explicou Luzanira.

POR UMA HORTOLÂNDIA MAIS SEGURA
A Prefeitura trabalha para uma Hortolândia Mais Segura. Entre as ações já realizadas pela Secretaria de Segurança estão: a instalação de 47 câmeras inteligentes que vigiam a cidade 24h; implantação da Base Móvel da Guarda Municipal; instalação da unidade do Corpo de Bombeiros (parceria com o Estado); aquisição de novas viaturas para a Guarda Municipal; blitz integrada com as polícias Militar e Civil, além do programa de prevenção ao uso de drogas “Bem Me Quer Paz Se Quer”.


 Desde janeiro de 2013, o prefeito Antonio Meira solicita ao governo estadual a ampliação dos efetivos das polícias Civil e Militar, implantação de bases móveis da PM em Hortolândia, além da criação da Companhia de Escolta de Presos para o Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia, ação que ampliaria o número de policiais nas ruas.