A Prefeitura de Hortolândia criou mais 524 novos cargos. Serão 58 cargos de agente de gestão, 176 de agente de infraestrutura, 160 de agente de políticas sociais, dois cargos de agente de trânsito e transportes, cinco de assistente social, quatro de engenheiro, 95 cargos de enfermeiros, sete cargos de farmacêutico, cinco de fisioterapeuta, 11 de nutricionista e um de pedagogo. O Projeto foi aprovado no último dia 21 de maio.

O prefeito, Antônio Meira, informou na justificativa do projeto que a Administração há tempos vem adiando a criação de novos cargos, o que culminou no acúmulo de trabalho para os servidores atuantes. De acordo com Meira, a falta de servidores pode ocasionar prejuízos para a população. “Dentro de uma política de contenção de gastos, a Administração há tempos vem adiando a criação de novos cargos, fazendo-o tão somente quando há absoluta necessidade. Desta forma, os servidores existentes estão sendo paulatinamente sobrecarregado com carga de trabalho cada vez maior. Chegamos a um momento em que a necessidade de novos servidores é premente, exigindo urgente criação de novos cargos, sob pena de prejuízo para atendimento de empreendimentos exigidos por uma população crescente como a nossa. As necessidades se apresentam em todos os setores daí i número aparentemente elevado dos novos cargos a serem criados, contudo indispensáveis”, falou o prefeito.

A Secretaria de Administração só informou, por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura, que serão criadas vagas nos cargos já existentes por meio de um concurso público que será realizado no segundo semestre deste ano. A Prefeitura não forneceu informações sobre o impacto financeiro das novas contratações, só disse que será progressivo ao longo de quatro anos.