A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Segurança, realizou nesta segunda e terça-feira (01 e 02/10), o curso de capacitação aos patrulheiros que vão atuar no Projeto Guarda Comunitária. O curso foi inspirado no projeto Polícia Comunitária, da Polícia Militar, implantado nos bairros Jardim Ranieri e Jardim Ângela, em São Paulo. O projeto da Polícia Militar recebeu o título de Referência Internacional em policiamento comunitário.

No curso, foram capacitados oito guardas municipais. A atividade aconteceu na sede da Guarda Municipal. O projeto será implantado no bairro Terras do Santo Antônio, em novembro. Nele foi abordado assuntos sobre violência, desigualdade social, métodos a serem adotados pelos patrulheiros no bairro, normas do projeto da Guarda Comunitária e prevenção ao crime.

De acordo com a chefe de Núcleo Estratégico, Karen Silvia, o projeto tem a característica de aproximar os guardas municipais da comunidade. “A população mais próxima da Guarda Municipal pode contribuir para solucionar casos que, muitas vezes, a corporação não tem conhecimento por não conviver com a realidade daquela região”, observou Karen.

Serão deslocados dois guardas municipais para atuarem no patrulhamento do Jd. Terras de Santo Antonio, segundo informações da Secretaria de Segurança. Outros dois GMs ficarão à disposição para dar apoio durante ocorrências registradas no local.