Os servidores públicos poderão ter as mesmas regras dos trabalhadores privados em relação à previdência. O presidente em exercício, Michel Temer, encomendou, na última semana, um estudo para analisar a possibilidade de a Previdência adotar um regime único.

Atualmente, os funcionários do setor público e do setor privado são regidos por normas diferentes. Em outros casos, como o de militares e trabalhadores rurais, há um regime especial. O presidente sinalizou ainda que pretende adotar as mudanças ainda neste ano.

A proposta foi enviada ao Congresso. Segundo o governo, as mudanças são consideradas essenciais para conter rombo das contas públicas.